Olsen da Veiga Advogados
Artigos

NOTÍCIAS E EVENTOS


19
jul

Astreinte não integra base de cálculo de honorários advocatícios

A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, por unanimidade, que não faz parte da base de cálculo dos honorários advocatícios o valor da multa cominatória – aquela paga pelo atraso no cumprimento de determinações judiciais.

Ao negar recurso especial de advogado que atuava em causa própria, o relator, ministro Villas Bôas Cueva, afirmou que a base de cálculo dos honorários advocatícios deve ser a condenação referente ao mérito principal da causa, o que exclui as multas (ou astreintes) do cálculo das verbas sucumbenciais.

“As astreintes, sendo apenas um mecanismo coercitivo posto à disposição do Estado-Juiz para fazer cumprir suas decisões, não ostentam caráter condenatório, tampouco transitam em julgado, o que as afastam da base de cálculo dos honorários advocatícios”, destacou o ministro.

CPC de 73

Villas Bôas Cueva disse, ainda, que o Código de Processo Civil de 1973 – aplicável ao presente caso – estabelece que os honorários de advogado serão fixados entre 10% e 20% sobre o valor da condenação.

O ministro explicou que o valor da condenação deve ser entendido como o valor do bem pretendido pelo demandante, ou seja, o montante econômico envolvido na questão litigiosa.

Multa

Para o relator, a multa não se confunde com a condenação, pois possui natureza jurídica diferente. Segundo ele, a multa funciona como forma de coerção judicial para obrigar o réu a uma obrigação de fazer, não fazer ou se abster, não formando coisa julgada material, podendo até ser modificada para mais ou para menos, o que a deixa de fora dos cálculos dos honorários.

“Em virtude de sua natureza inibitória, [a multa] destina-se a impedir a violação de um direito, de forma imediata e definitiva”, disse.

Para o ministro, no caso concreto, o acórdão do Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) solucionou bem a controvérsia, ao decidir que o advogado só deve receber honorários no que se refere ao montante da condenação a título de danos morais.

 

Fonte: STJ


19 jul
2017
Astreinte não integra base de cálculo de honorários advocatícios
Ler

19 jun
2017
Decadência para cobrança contra ex-sócios é contada da data de alteração do contrato na Junta Comercial
Ler

7 jun
2017
TJ determina seguimento de ação que apura caso de jovem enxovalhada em rede social
Ler

4 abr
2017
Fim da recuperação do Grupo Mangels reafirma nova jurisprudência da área
Ler

4 abr
2017
Hora extra de poucos minutos não afasta direito da mulher a intervalo
Ler

5 jul
2016
Juiz acolhe requerimento de advogado e manda intimar parte por WhatsApp
Ler

5 jul
2016
DIREITOS AUTORAIS
Ler

30 jun
2016
TST aprova novas alterações na jurisprudência para se adequar ao novo CPC
Ler

Av. Pref. Osmar Cunha, 183, Ed. Ceisa Center, bloco C    sala 502    FLORIANÓPOLIS    SC
Telefone
+55 48 3224 0227